Ubiratã: Entrega de 106 casas no Parque das Flores será no dia 18 de janeiro

Foi feita pela equipe de habitação da Caixa Econômica de Maringá, a vistoria das 106 residências no Conjunto Parque das Flores, etapa 2, em Ubiratã. Tendo um prazo de cinco dias para emitir o laudo de aprovação.

A vistoria foi realizada também pelos mutuários que tiveram que aprovar cada um a sua residência já construída.

O representante legal da Construtora Piacentini, José Geraldo Custódio, o gerente da agência da Caixa em Ubiratã, Ádrien Mário Frederico (Buião), o Assessor de Convênios Márcio Wanderlinde, o Chefe de Gabinete, Osmar Pires e a Assessora de Legislação, Karina Martins, estiveram nesta quarta-feira, 10, acompanhando a vistoria final da Caixa e agendando a entrega para a próxima quinta-feira, 18, às 10:00 horas.

Foram construídas 102 unidades habitacionais de 40,79 m² e 4 unidades de 46,68m² (destinada a cadeirantes).

As casas tem infraestrutura completa (rede de energia, água e esgoto, galeria águas pluviais, pavimentação, calçadas ecológicas, sinalização e lotes patamarizados). Cada casa com dois quartos, sala e cozinha integradas e banheiro social. Foram construídas em alvenaria convencional, com fundação em radier, forro em PVC, piso cerâmico, revestimento nas paredes do banheiro, cozinha e uma faixa na lavanderia, calçada de concreto ao redor da residência de 60 cm nas convencionais e 120 cm nas adaptáveis e esquadrias de ferro.

As casas convencionais com 40,79 m² são avaliadas em R$ 80.796,08 e as casas adaptáveis com 46,68 m² no valor de R$ 89.616,07. Este projeto é um financiamento do Programa Minha Casa Minha Vida, sendo disponibilizado um subsidio de até R$ 17.960,00 de acordo com a renda familiar, cujo valor total terá um período de 30 anos para ser quitado.

O empreendimento residencial Parque das Flores – etapa 2, tem a parceria entre município, que subsidiou o terreno e infraestrutura (terraplenagem, corte e aterros, abertura e fechamento de valas para galerias de águas pluviais e rede de esgoto) e o Governo Federal através da Caixa Econômica (financiamento).

A Construtora Piacentini, responsável pela obra, contratou profissionais residentes em Ubiratã (pedreiros, serventes, carpinteiros, entre outros), contribuindo na questão de desenvolvimento social, profissional e financeiro dos cidadãos. Ainda depois da entrega deixará uma equipe por um prazo determinado para possíveis consertos que por ventura ocorrer.

Related Post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *